• NOTíCIAS
  • Centro atenderá portadores de deficiência mental
  • Unidade contará com uma equipe intersetorial  /  <b>FONTE: Jairo Marques
    Unidade contará com uma equipe intersetorial
  • Unidade na Vila Sônia é inédita na região
  • Publicado em: 14/05/2008
    Site PG Notícias - Por João Carlos Miranda, MTB: 25.955
    Inédito na Região Metropolitana da Baixada Santista, o Centro Municipal Socioterapêutico Antonio Tavares de Santana garantirá qualidade de vida a pessoas gravemente comprometidas por deficiências mentais. A unidade, inaugurada na última terça-feira (13), no Bairro Vila Sônia, contará com uma equipe intersetorial que atenderá adolescentes e adultos, integrando profissionais das secretarias municipais de Educação (Seduc), Saúde Pública (Sesap) e Promoção Social (Sepros).

    Ao lado da primeira dama, Maria Del Carmen Padin Mourão, a Maruca, o prefeito Alberto Mourão destacou que a entrega do prédio à comunidade é resultado de anos de perseverança dos profissionais e familiares. Ele citou que a psicóloga Maria da Glória Santana, filha do homenageado, com sua dedicação, deixou claro a inter-relação entre professor, pais e alunos no processo educacional.

    A secretária de Educação, Maura Lígia Costa Russo, fez breve histórico da evolução da educação especial em Praia Grande. E ressaltou a participação de Maria da Glória: “Desde a década de 1980, Glória já marcava seu caminho de luta pela educação especial na Seduc. Iniciamos nosso contato na secretaria nesse período. A instalação de salas de inclusão, projeto iniciado em 1984, foi uma das conquistas que participamos juntas”.

    Maura Ligia lembrou que, desde 1993, quando o prefeito Alberto Mourão assumiu a Prefeitura e Maria da Glória a Divisão de Educação Especial, as ações intensificaram. “A inclusão do portador de necessidades especiais no ensino regular foi uma grande conquista. Hoje temos cerca de 700 alunos inseridos. Os resultados são significativos, como o aumento da auto-estima dos alunos e de seus familiares”.

    Como enfatizou a secretária, após intenso trabalho, em 1996 o prefeito Alberto Mourão inaugurava a primeira Escola de Educação Especial da Cidade, denominada Anahy Navarro Trovão. “Depois veio a escola Sergio Vieira de Mello e hoje estamos entregando este grande centro, voltado a jovens e adultos”.

    Prestigiando a inauguração, Eliane Lourdes da Silva, mãe de Cléber José da Silva, aluno da Escola Sergio Vieira de Mello, se disse muito satisfeita. “Cléber estuda há três anos e posso dizer que tudo mudou. Está mais atencioso, inteligente, disciplinado. Os professores e funcionários são maravilhosos”.

    Ao final do evento, foram prestadas homenagens à viúva do homenageado, Maria Erundina Santana, e ao irmão, Clodoaldo Tavares Santana, volante da seleção brasileira campeão mundial de futebol em 1970.

    Obra - Localizado na Rua João Andrade de Jesus s/nº, o centro conta com vários ambientes, como sala multimeios, para atividades da vida prática e diária; atendimento de serviço social e outros tipos de auxílio. A edificação ocupa 680 m² dos 13.533 m² de terreno, área que corresponde a dois campos de futebol.

    São destaques um pátio coberto de 102 m² e locais apropriados para implantação de horta, galinheiro, chiqueiro e estábulo (com quatro baias para cavalos), quase como uma chácara. Salas para reunião de técnicos ou de grupos, de múltiplo uso, descanso e para atendimento em psicologia, pedagogia, fisioterapia e serviço social, entre outras áreas.

    A área administrativa conta ainda com secretaria, diretoria, almoxarifado e área de espera para o público. Cozinha, despensa, depósito de material de limpeza, área de serviço e sete banheiros, sendo quatro adaptados, inclusive com local apropriado para o banho de cadeirantes, com banheiras e boxes (masculinos e femininos) e estacionamento para 14 veículos completam o centro.

    Estímulos - A coordenadora da Saúde Mental da Sesap, Dorian Rojas, explica que o contato com animais, principalmente na equoterapia, favorece a sensibilidade e a percepção nos portadores de deficiências mentais.

    Outro aspecto ressaltado por Dorian, que é psicóloga, diz respeito à família. “Envolveremos a família, o que é de fundamental importância para respaldar o trabalho desenvolvido na unidade”, frisa. A Saúde participa do projeto disponibilizando profissionais, como psicólogos, para atuação ao lado de pedagogos.

    Segundo o que foi divulgado pela Seduc, inicialmente serão beneficiadas pessoas que já passaram por avaliação preliminar. No período da manhã ou da tarde, os atendidos participarão de atividades variadas e contarão com o apoio de uma equipe multidisciplinar.
  • Secretaria de Educação de Praia Grande - 2014
  • Desenvolvido por CPID - Coordenadoria de Programas de Inclusão Digital