Institucional



A Secretaria de Educação de Praia Grande tem como principais atribuições: organizar, manter e desenvolver os órgãos oficiais do Sistema Municipal de Ensino, integrando-os às políticas e planos educacionais da União e dos Estados; oferecer prioritariamente o Ensino Fundamental Regular e a Educação Infantil em creches e pré–escolas; executar políticas e planos educacionais em acordo com as diretrizes, objetivos e metas do Plano Nacional de Educação; autorizar, credenciar e supervisionar os estabelecimentos do Sistema Municipal de Ensino; assegurar a execução das normas e diretrizes relativas à educação infantil, ensino fundamental, educação de jovens e adultos, educação especial e profissionalizante; além de assessorar o Prefeito nos assuntos da política educacional do Município.

Complementação Educacional


Praia Grande conta com nove escolas municipais de Complementação Educacional que atendem cerca de 2.500 alunos de 6 a 14 anos. As escolas oferecem quatro horas diárias de aulas complementares. São várias atividades à escolha do aluno, como dança, karatê, judô, natação, ginástica artística, esportes de campo, surf, esportes náuticos e jogos de areia. O aluno pode escolher até duas atividades.


Complementação Educacional

Além disso, as unidades oferecem aulas de Educação Física, Educação para Valores, Artes e Rotinas de Estudos, que consiste num período separado para fazer lições de casa e praticar leitura. Seja na área esportiva, cultural ou recreativa, as aulas têm uma perspectiva socioeducativa, que visa à construção da cidadania e o fortalecimento da autoestima das crianças e adolescentes. A iniciativa favorece principalmente as famílias de baixa renda, pois essas escolas estão localizadas na periferia e oferecem atividades que dificilmente as famílias teriam condições de proporcionar.


Mais informações podem ser obtidas no telefone:
(13) 3496-2362.

Educação Ambiental


Praia Grande conta com uma escola para tratar exclusivamente do assunto Educação Ambiental. O município foi pioneiro ao implantar a unidade, em 1996, para atuar junto aos estudantes e à comunidade, com a finalidade de promover a conscientização em relação à preservação do planeta. Atualmente, o Núcleo de Educação Ambiental conta com museu biológico, sala para oficinas de reciclagem, biblioteca ambiental e laboratório para experiências biológicas e físico-químicas. Do lado de fora, a unidade abriga uma estufa com hortas, plantas ornamentais e mudas de árvores, que possibilitam o contato direto dos alunos com o mundo vegetal.


Educação Ambiental

Contando com pedagogos e especialistas, a unidade promove atividades práticas e atrativas, onde os estudantes aprendem a importância da natureza para a vida humana, as conseqüências da degradação e o valor das pequenas atitudes para a preservação ambiental, além de conhecerem as diferenças entre os ecossistemas da nossa região, como o manguezal, a praia e a Mata Atlântica. Visitas aos ambientes estudados complementam as lições teóricas, despertando o interesse e a curiosidade dos alunos. Em geral, as visitas e a participação dos estudantes em ações e projetos ambientais ocorrem por meio de agendamento das escolas. Além disso, alunos das unidades de Complementação Educacional frequentam a escola ambiental duas vezes por semana para aulas práticas e teóricas. A unidade promove, ainda, várias ações abertas ao público em geral, sobre conscientização ambiental, em datas especiais.


Mais informações podem ser obtidas no telefone:
(13) 3496-5357.

Educação do Futuro


As unidades municipais contam com programas e equipamentos de última geração, preparando as crianças para o futuro tecnológico que terão pela frente. As iniciativas educativas ligadas ao mundo digital e tecnológico fazem parte do programa Educação do Futuro. Um dos principais destaques é o SmartPG (Sistema Móvel de Acesso à Recursos Tecnológicos) que promete revolucionar as aulas dos alunos nas 28 escolas de Ensino Fundamental da rede municipal. A transição de laboratórios de informática para a utilização de tablets na sala de aula será uma das principais ações dentro do programa Smart PG. Cada escola de Ensino Fundamental receberá 80 equipamentos para auxílio na busca de conteúdo via internet, totalizando 2.240 aparelhos. Além disso, 1.500 professores da rede pública também receberão um tablet cada, para que facilite o preparo do conteúdo pedagógico.


Educação do Futuro

Outro avanço tecnológico diz respeito à implantação das lousas digitais, nas unidades de ensino. O novo equipamento permitirá aos professores dinamizarem as aulas e prenderem a atenção dos alunos, com o auxílio de vídeos, áudios e textos encontrados em poucos segundos na rede mundial de computadores. O desenvolvimento de aplicativos, embasados no conteúdo do material de apoio desenvolvido pela Secretaria de Educação (Seduc), também trará mais dinamismo às aulas. Disponíveis para serem utilizados por professores e alunos, em tablets e lousas digitais, os aplicativos serão uma nova ferramenta que aprimorará o sistema de ensino em Praia Grande. As escolas de Educação Infantil continuam contando com as mesas educacionais informatizadas, específicas para crianças de 4 a 6 anos, que auxiliam na alfabetização e na assimilação de outros conteúdos específicos para essa faixa etária.

Educação Inclusiva


Praia Grande atende cerca de 660 estudantes com deficiência no ensino regular, além de alunos com altas habilidades/superdotação. A cidade foi uma das primeiras do país a implantar a Educação Inclusiva, oferecida na rede desde 1996. Também foi pioneira na realização de cursos de educação inclusiva aos professores. A qualidade do atendimento nessa área torna Praia Grande uma referência para outras cidades.


Educação Inclusiva

Atualmente, a rede municipal conta com 23 salas multifuncionais (Atendimento Educacional Especializado - AEE), que atendem alunos com deficiências no período oposto ao do ensino regular. Uma delas é específica no atendimento aos deficientes visuais, contando com professora especializada na escrita Braille. As outras atendem alunos com deficiência física, intelectual, auditiva ou múltipla. Os deficientes auditivos contam também com a sala de recursos, com professor especialista em Língua Portuguesa e Libras. O município oferece, ainda, curso de Libras on line pelo portal www.cidadaopg.sp.gov.br A Secretaria de Educação também investe em mobiliários e equipamentos de acessibilidade a todos, softwares para alunos com deficiência auditiva e visual, entre outros recursos.

Pedagogia Comunitária


Praia Grande foi a 1ª Cidade do país a implantar nas escolas o trabalho das pedagogas comunitárias. Esta profissional atua diretamente com a comunidade, promovendo ações e estratégias que visam tornar os pais mais próximos da vida escolar dos filhos, com o objetivo de melhorar o rendimento escolar da criança ou adolescente. Dentro deste contexto, destacam-se as visitas domiciliares, onde as pedagogas conversam com os pais, orientando e conscientizando-os da importância de acompanharem a vida escolar do filho. Elas também realizam Oficinas de Alfabetização, onde orientam a família sobre como ajudar os filhos em fase de aprender a ler e escrever.


Outras ações rPedagogia Comunitariaealizadas são: encontro de leitura nas praças públicas com a participação de pais e filhos; eventos com prestação de serviços à comunidade; cursos, oficinas e palestras; articulação de parcerias com outras secretarias e serviços (ONGs, Associações de Bairros, Igrejas, Conselhos) e muitas outras iniciativas. A ideia é levar os moradores a fazerem da escola um ponto de apoio e referência para que, assim, passem a se envolver na educação dos filhos.

Porto do Aprendiz


Praia Grande conta com o Porto Aprendiz, um complexo que reúne vários espaços diferentes, porém complementares: o Centro da Memória da Educação, a Plataforma do Educador e o Centro Tecnológico. O Centro da Memória da Educação disponibiliza para estudos e pesquisas documentos de valor histórico produzidos pelas escolas e pela Secretaria de Educação, reconstruindo a memória da Educação Municipal. A iniciativa é pioneira no Estado de São Paulo. O espaço conta com acervo de documentos, laboratório de história oral, espaço para exposições, biblioteca de história da educação, salas de pesquisa, de conservação e restauro de documentos. O acervo está disponível ao público para consultas e pesquisas.


Porto do Aprendiz

A Plataforma do Educador é um local destinado aos professores, educadores de apoio e equipe técnica, visando o aperfeiçoamento da prática pedagógica, troca de experiências, formação, capacitação e aprimoramento dos educadores. O Centro Tecnológico promove capacitações na área tecnológica visando instrumentalizar os profissionais da Educação, além de oferecer cursos de Gestão Eletrônica de Documentos.


O endereço do Porto Aprendiz:
Rua Jaú, nº 1.158, Boqueirão.

Porto das Artes


Praia Grande conta com uma escola específica para atividades artísticas, onde os alunos têm a oportunidade de fazer aulas de violão, musicalização, ballet e teatro. É a escola municipal Porto das Artes, que atende alunos inscritos no SuperEscola, programa municipal de Complementação Escolar.


Porto das Artes

Localizada no piso superior da biblioteca Porto do Saber, a escola conta com instalações específicas para aulas artísticas. As paredes das salas de aula são móveis e podem ser interligadas, tornando-se dois grandes salões. É um espaço que oferece às crianças todos os benefícios decorrentes do contato com a arte, como o desenvolvimento da expressividade, do olhar crítico e da sensibilidade. Apresentando-se em festivais e eventos por diversas cidades, os alunos já foram reconhecidos com vários prêmios, o que atesta a qualidade do trabalho realizado pela escola.


Mais informações podem ser obtidas no telefone:
(13) 3491-7845.

Porto do Saber


A população de Praia Grande tem à sua disposição a rede de bibliotecas Porto do Saber, gerenciada pela Secretaria de Educação (Seduc). A rede conta com cinco bibliotecas comunitárias, além de 20 escolares. A unidade matriz fica no Boqueirão (Avenida São Paulo, 900) e oferece diversos serviços totalmente grátis, num ambiente amplo e agradável. O complexo cultural reúne, num só lugar, biblioteca comunitária com 25 mil livros, espaço digital com 20 computadores (Espaço Net), área para apresentações culturais (Espaço Flex) e uma sala para exibição de filmes, com modernos equipamentos (Sala Porto Piaçabuçu).


Porto do Saber

No Porto do Saber, pessoas de todas as idades podem ler, pesquisar e pegar livros emprestados, assistir apresentações artísticas, utilizar a internet, dentre outros benefícios. Todos os serviços são grátis. As outras bibliotecas comunitárias seguem o mesmo padrão da unidade sede, oferecendo espaços convidativos e serviços gratuitos. Uma delas é temática, voltada para assuntos ambientais e localizada dentro do Núcleo de Educação Ambiental, no Portinho. As outras três ficam nos Bairros Samambaia, Cidade da Criança e Jardim Princesa.


Mais informações podem ser obtidas no telefone:
(13) 3496-5358.

Superescola


Contemplando uma educação de qualidade, Praia Grande oferece aos estudantes de 7 a 14 anos atividades esportivas e culturais, no período oposto ao escolar, através do Programa SuperEscola, que atende atualmente cerca de 7 mil alunos. É uma oportunidade para crianças e adolescentes das redes municipal, estadual ou particular de ensino preencherem o tempo livre, ampliando a permanência no contexto educacional.


SuperEscola

Na área esportiva, o Programa SuperEscola utiliza os Ginásios Poliesportivos espalhados pela Cidade, além de algumas escolas municipais, para abrigar diversas modalidades esportivas: jogos de areia e surf, remo, vela e canoagem, tênis de mesa, judô, taekwondo e karatê, atletismo, ginástica artística, esportes de quadra e campo e natação. Na área cultural, são oferecidas aulas de violão, ballet, teatro e musicalização na escola municipal Porto das Artes. As aulas têm duração de três horas e os alunos podem escolher duas modalidades. No SuperEscola, o esporte e a cultura são utilizados como ferramentas à educação e cidadania.


Mais informações podem ser obtidas no telefone:
(13) 3496-2362.

Uniforme Escolar


A prefeitura concede gratuitamente kits de uniformes escolares para os alunos da rede municipal, incluindo Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e Educação Especial. Cerca de 36 mil alunos estão sendo beneficiados nesse início de ano com a iniciativa. Para o ano de 2014, os uniformes ganharam nova modelagem, com agasalho (jaqueta e calça), em tactel, bermuda de cotton para educação física e tênis estilizado que acompanha as tendências da atualidade. Os kits ainda incluem camisetas, meias, bermudas de tactel (para meninos) e shorts-saia (para meninas).


Uniforme Escolares

Os benefícios são imediatos: economia para os pais, igualdade aos alunos e padronização das escolas municipais. Com os uniformes, a Secretaria de Educação valoriza os alunos atendidos na rede municipal de ensino. Isso porque, promove a sensação de organização e igualdade entre alunos de diferentes condições sociais, bem como a segurança no trajeto de casa à escola, pela facilidade de identificação.

Desenvolvido por DPID | Departamento de Programas de Inclusão Digital
cidadaopg.sp.gov.br - Portal Educacional