E.M. Maria Clotilde Lopes Comitre Rigo, Prof.ª

Example Frame

Informações da escola

Imagem do diretor

Imagem da escola

Diretor(a):ANA CLAUDIA CLEMENTE PINTO GOMES DA SILVA
Assistente:DESIREE MATTOS BORGES
Endereço:Rua 10, nº 141
Bairro:Esmeralda
Cep:11713 - 420
Telefone: (13) 3496-5353
Email:em.clotilde@praiagrande.sp.gov.br
Funcionamento:Das 07:00 às 19:00
Tipos de Ensino:Ensino Fundamental
Período:Manhã, Intermediário e Tarde
Decreto nº: Port. Nº 012/2005–SEDUC/P de 08/03/2005
Inauguração: 08/03/2005

Enquete

Nenhuma enquete ativa cadastrada


Ver enquetes que já expiraram

Últimas Galerias

Patrono

Profª Maria Clotilde

UM PATRIMÔNIO DE VALORES DE VIDA

Para nós da equipe 2014 da escola “Profª Maria Clotilde Lopes Comitre Rigo”, é um prazer enorme poder homenagear a tia Clô, com essa singela Biografia.

BIOGRAFIA

A professora Maria Clotilde Lopes Comitre Rigo, nasceu na cidade de Olímpia – interior de São Paulo no dia 26/05/1946. Amava sua família composta por seu pai André Comitre, sua mãe Carmem Lopes Comitre e seus quatro irmãos, Dalmir (falecido), José Joaquim (o J), André e Soeli.

Seu pai, tinha fama de ser muito enérgico e perseverante, já sua mãe,  era considerada  dedicada e acolhedora.

Clotilde, quando criança era cheia de pose, o que talvez a levou, ainda adolescente,   participar do concurso de Miss Primavera na cidade de Valparaíso, saindo deste vencedora para surpresa de todos,  jovem  tinha então 15 anos.

Seu irmão, o “J”, já era aluno do conhecido professor de Educação Física LAERT, o qual futuramente se tornaria esposo de Clotilde. Este, quando passava em frente a casa da família Comitre, já trocava olhares com Clotilde e ela com sua jovialidade, gritava feliz da janela: Professor! Professor!,  chamando a atenção de Laert.

Sua vida escolar teve início na cidade de Pirajuí, interior paulista, recebeu educação  muito religiosa e fascinante, talvez  razões pelas quais tornaria esta jovem: PROFESSORA. Da 5ª série do E.F. até o 1º ano Normal, estudou em Valparaíso,  casou-se com Laert, mudou-se para Mirandópolis onde terminou seus estudos.  Iniciou ali sua carreira no Magistério,  era uma apaixonada, lecionou por vários anos em escolas rurais, municipais e também no Mobral.

Esta cidade,  ainda lhe traria muitas alegrias, pois nela  constituiu uma família feliz, sólida e de entrega uns pelos outros.   Seus três filhos, foram os  grandes amores de sua vida : Laert Rigo Júnior ( geólogo )  , Fábio Comitre Rigo  ( advogado) e Armando Di André Comitre Rigo         (administrador de empresas) .

Em 21/01/1978, a família inteira fixou residência em Praia Grande, pois o professor Laert, seu esposo, que ministrava aulas de Educação Física, fora transferido para o município de São Vicente e logo depois para a munícipio de Praia Grande, onde permaneceu até a aposentadoria.

A professora Maria Clotilde conhecida pelo apelido carinhoso de “Tidinha” e também “Tia Clô”, do ano de 1979 a 1992 lecionou no primeiro grau das escolas estaduais em Cubatão, em São Vicente e na Praia Grande onde se aposentou, nessa época, acumulou a função de professora eventual em várias unidades da rede municipal e ainda encontrava tempo para dar continuidade em sua formação docente na Faculdade Dom Domênico em Guarujá, onde concluiu os cursos de Pedagogia,  tendo direito a lecionar História da Educação, Sociologia, Didática e habilitação em Administração Escolar e ainda na formação específica do Magistério, aprofundou-se na área de Educação Infantil na escola “José Bonifácio” em Santos.

Amor pelo que fazia era visível a todos que conviveram com ela, mas com o nascimento dos netos Lucas e Letícia sua vida foi renovada, amava curtir e estar com esses  dois pedacinhos de gente que tornavam ainda mais  felizes e especiais seus dias.

 Na tarde de 09/10/1997,  a Tia Clô, recebeu  uma ligação da Senhora Maruca Padim Mourão, ligação esta que deixou a todos apreensivos e ansiosos em saber o que havia acontecido para ser convocada para uma reunião. Ao chegar a hora, coração batendo a 1000 por hora, Tia Clô se emociona e fica agradecida pelo grande desafio que recebera: dirigir a escola “Drº Roberto Shoji”, no bairro Caieiras – Praia Grande, escola esta  que  entregou-se de corpo e alma e amou, até o fim de sua carreira docente em 02/11/2003, quando Deus a chamou para o descanso eterno, pois já havia cumprido seu valioso papel de esposa, mãe, avó, amiga, profissional da educação.

 “Tia Clô” gostava muito do brinquedo CATAVENTO, adorava apreciar a flor de Girassol, amava tartarugas, gostava muito do interior paulista, e tinha como sonho se aposentar e voltar para Serra Negra (interior querido), seu gosto musical era bem eclético, porém o que mais ouvia : o REI Roberto Carlos e em especial “COMO É GRANDE O MEU AMOR POR VOCÊ”,  gostava muito de comer,  ah! Gostava mesmo, viajar era seu hobbie, as malas até “pulavam” quando ela se preparava para o próximo passeio, mas o que ela gostava mesmo era estar com seus netos queridos Lucas e Letícia.

 “Quando o vento das mudanças chegar, não construa abrigos, construa cataventos”.

                                                    (Claus Maller).


Vídeo



Em breve...






Jornal da escola

Título Você sabe o que é o Plano Diretor?

Mês de: Agosto


Visualizar Jornal!

Secretaria de Educação de Praia Grande
2002 - 2014 | Coordenadoria de Programas de Inclusão Digital | Versão 1.0